Garantia de vida para sapatos velhos.

05:16

Garantia de vida para sapatos velhos.
Sabe aquele sapato que você adora e nunca usa porque mal consegue ficar vinte minutos sem sentar quando está com ele? Ou a calça preta bufenta irmã daquele casaco de frio que toda vez que você veste o espelho jura que está rolando um parentesco com Isabela Fiorentino, mas nem dá mais pra usar em público sem causar comoção e receber esmola?
Quero um lugar no armário para guardar essas coisas que não posso jogar fora!!!!!Um lugar assim, reservado, para aquelas coisas que podem parecer inúteis para os outros, mas pra você equivale a uma satisfação desmedida e quase inexplicável em ter, só pra ter mesmo.
Um conselho que ninguém quer… E você sabe que é muito importante dar, mas já que é assim; você guarda pra você mesma na esperança de usar um dia.
Tem também aquela idéia genial, ou aquele projeto inviável podre de chic que jamais sairá do papel, mas também não sai da sua cabeça, portanto não dá pra ir pro lixo. Captou o “feelling” da bagaça?  Pois, é. É bem por aí…
Tem sempre alguém no mundo muito mais corajoso (e maluco) do que você, que pensou assim: ” E por que não?”
Ainda bem! Porque eu “quero porque quero” um lugar no armário para guardar pensamentos inúteis e sem a menor utilidade prática. Este lugar é aqui. 

Foto: www.thecherryblossomgirl.com

.
Sabe aquele sapato que você adora e nunca usa porque mal consegue ficar vinte minutos sem sentar quando está com ele? Ou a calça preta bufenta irmã daquele casaco de frio que toda vez que você veste o espelho jura que está rolando um parentesco com Isabela Fiorentino, mas nem dá mais pra usar em público sem causar comoção e receber esmola?
Quero um lugar no armário para guardar essas coisas que não posso jogar fora!!!!!Um lugar assim, reservado, para aquelas coisas que podem parecer inúteis para os outros, mas pra você equivale a uma satisfação desmedida e quase inexplicável em ter, só pra ter mesmo.
Um conselho que ninguém quer… E você sabe que é muito importante dar, mas já que é assim; você guarda pra você mesma na esperança de usar um dia.
Tem também aquela idéia genial, ou aquele projeto inviável podre de chic que jamais sairá do papel, mas também não sai da sua cabeça, portanto não dá pra ir pro lixo. Captou o “feelling” da bagaça?  Pois, é. É bem por aí…
Tem sempre alguém no mundo muito mais corajoso (e maluco) do que você, que pensou assim: ” E por que não?”
Ainda bem! Porque eu “quero porque quero” um lugar no armário para guardar pensamentos inúteis e sem a menor utilidade prática. Este lugar é aqui.
Foto:http://www.thecherryblossomgirl.com/ 

You Might Also Like

0 comentários