10 setembro, 2011


“Afinal, consegui esquecer-te. Não foi assim tão difícil, já te esquecera várias vezes, nunca o suficiente, eu sei, mas mesmo assim chutei-te para o canto, deixaste de fazer parte dos meus dias, acordo e não penso em ti, adormeço sem a tua imagem a dançar-me diante dos olhos. “

Nenhum comentário

Postar um comentário

Moda e Poesias - Design Adorável Design | Design by Szablony