08 setembro, 2011


Já não me lembro onde li que na natureza nada se repete e nada é igual. Não existem duas gotas de chuva iguais, nem duas folhas, nem duas lágrimas. Não existem duas pessoas iguais. Não existem dois beijos iguais.

Tudo é único e especial. Não existem dois momentos iguais, por isso é que devemos viver para o presente, porque é mesmo uma dádiva. Por isso nunca mais vais poder dar aquele beijo que não deste, nunca vais voltar a sentir o mesmo arrepiar na espinha que sentiste, as borboletas na barriga nunca serão iguais. A pessoa que não conheceste num momento não a vais voltar a conhecer no mesmo momento. As palavras que não disseste quando devias, nunca vão voltar a ter o mesmo impacto.

Os momentos às vezes passam-nos mesmo ao lado.

Por isso, dança mais uma música. Dá um beijo ao amanhecer. Fica só mais uns minutos. Dá só mais uma oportunidade. Tenta outra vez. Atreve-te a sentir.

Ou então quando deres por ti, já passou...

Nenhum comentário

Postar um comentário

Moda e Poesias - Design Adorável Design | Design by Szablony